No 7657 Ano 32   © 2018   4a-feira 14nov2018
nanoJORNAL para Tablets & smartphones

Presidente vai manter
Ministério do Trabalho

Novo recuo do presidente eleito Jair Bolsonaro vai manter o Trabalho com status de ministério. Na semana passada, ele chegou a dizer que o Trabalho seria incorporado a outra pasta. Entretanto, o presidente eleito disse que haverá fusões. Bolsonaro negou que o Trabalho será agregado à Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) no futuro Ministério da Economia. Segundo o presidente eleito, a meta atual é reduzir o número de ministérios de 29 para 17, mas pode chegar a 18. "Se tiver de aumentar mais um ou dois, que aumente", disse Bolsonaro.

O BRASIL E O MUNDO HOJE
Presidente eleito Jair Bolsonaro: Trabalho fica, mas haverá fusões.

foto Valter Campanato / ABr





Ensino superior fica na Educação Havia possibilidade de o ensino superior passar para o Ministério da Ciência & Tecnologia (que será comandado pelo astronauta Marcos Pontes). Ontem, porém, Bolsonaro afirmou que deve manter a gestão no Ministério da Educação. Ele falou ainda sobre a estrutura dos ministérios de seu governo, repetindo que deve concluir a composição até o fim deste mês. Ele pode anunciar ainda esta semana mais dois ministros: Meio Ambiente e Relações Exteriores, mas não quis falar em nomes.

Mais R$ 18,5 bilhões para ministérios Em sessão conjunta da Câmara e do Senado, ontem, foram aprovados 19 projetos que abrem créditos para os ministérios. No total, serão R$ 18,5 bilhões - todos os projetos aprovados apontam a origem dos recursos para cobrir os créditos, conforme a Constituição. A proposta com o maior volume de recursos - R$ 9,8 bilhões - prevê que a verba vá para a transferência a Estados, Distrito Federal e municípios de receitas do imposto de renda e fo IPI. Os projetos seguem para sanção do presidente Temer.

Índices / Mercado

MOEDAS
            Compra  Venda
Dólar
Comercial   3,8281  3,8287
PTax        3,7786  3,7792

OURO
R$/grama       BM&F 147,50

BOLSAS
S Paulo  (Bovespa)  -0,71%
S Paulo  (IBx)      -0,62%
S Paulo  (IBx-50)   -0,75%

Poupança antiga    0,5000%
Poupança nova      0,3715%



Dólar volta aos niveis de antes do 1º turno Maior alta diária em mais de dois meses, o dólar voltou ontem aos níveis de antes do 1º turno - em especial depois que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, admitiu que dificilmente conseguirá algo relacionado à reforma da Previdência este ano. Assim, o dólar comercial fechou em alta de 1,96%, para 3,8287. Essa é a maior cotação desde 05out18 e a maior valorização diária desde 03set18. O aumento da aversão ao risco, aqui e no exterior, também impôs perdas à Bolsa de S Paulo. O índice Bovespa fechou em baixa de 0,71%, a 84.914,11 pontos, com destaque para o recuo acima de 4% dos papéis da Petrobras.

União vai assumir sistema prisional de Roraima O governo federal anunciou que vai se responsabilizar pela administração do sistema prisional de Roraima. A transferência dos poderes de gestão administrativa, financeira e orçamentária do governo estadual para o federal deverá ocorrer em até dois dias, segundo o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência. Além de penitenciárias, o sistema socioeducativo de Roraima também será gerido pela União até 31dez18. O acordo firmado ontem contou com a presença do presidente Michel.

Incêndios na Califórnia: 42 mortos. O grande incêndio que devasta o Norte da Califórnia - o mais mortífero e destruidor já ocorrido no Estado norte-americano - não dá sinais de recuo. Já foram identificadas 42 vítimas fatais, há cerca e 200 desaparecidos e cerca de 50 mil hectares de área foram queimados. As autoridades californianas contam ainda mais duas mortes em outro grande incêndio que se alastra perto de Los Angeles. Daryl Osby, chefe dos bombeiros locais, diz que enfrentam "condições meteorológicas de bandeira vermelha" com ventos de mais de 60 km/h. E que a prioridade é "salvar vidas e proteger propriedades".

E MAIS:
Cinema // Ficção-comédia.
   
Este Box reúne a trilogia de uma das obras cinematográficas mais divertidas, MIB: Homens de Preto. Dirigido por Barry Sonnenfeld, estrelado por Tommy Lee Jones como Kevin (Agent K) e Will Smith como James (Agent J), os filmes contam a história destes dois agentes fundadores da organização secreta "MIB: Homens de Preto", criada pelo governo para investigar as atividades alienígenas na Terra. Recém-contratado para trabalhar na tal entidade, o ex-policial J se une a K para desvendar os mistérios de um possível ataque extraterrestre. No elenco, Will Smith, Tommy Lee Jones, Josh Brolin, Jemaine Clement, Michael Stuhlbarg, Alice Eve, Bill Hader, David Rasche, Emma Thompson, Mike Colter e Lenny Venito. // Trilogia MIB (Men in Black - Trilogy) / Diretor: Barry Sonnenfeld / EUA, 1997, 2002, 2012 / Duração: MIB 1, 113 minutos; MIB 2, 88 minutos. MIB 3, 106 minutos / Gênero: Ficção Científica, Comédia / Sony Pictures / Classificação: Livre. / Preço: R$ 39,99 (www.americanas.com.br)

Jornaldodia nanoJornal para tablets & smartphones
© 2016   http://www.jornaldodia.com.br>Jornaldodia / Brasil