No 7922 Ano 33   © 2019   6a-feira 20dez2019
nanoJORNAL para Tablets & smartphones

Miliciano era
beneficiado por esquema
de Flávio Bolsonaro

De acordo com o Ministério Público do Rio (MPE-RJ), o ex-policial Adriano Magalhães da Nóbrega, o 'Capitão Adriano', era beneficiado pelo esquema de 'rachadinha' que existiria no gabinete do senador Flávio Bolsonaro - filho do presidente -, quando era deputado estadual no Rio. A Promotoria analisou conversas via WhatsApp e dados de transações financeiras. Adriano é apontado por outro grupo do MP como chefe do Escritório do Crime, milícia que atua na zona Oeste da cidade. Ele está foragido desde janeiro.

O BRASIL E O MUNDO HOJE
Italo Ferreira venceu a etapa do Billabong Pipe Masters: terceiro brasileiro campeão mundial.

foto Tony Heff / WSL





Lavagem de dinheiro implica filho do presidente Está no relatório do MPE-RJ que o senador Flávio Bolsonaro depositou R$ 638.400 em dinheiro vivo na conta de um corretor. Assim, ocultou o ganho ilícito com as chamadas "rachadinhas". Ele comprou dois apartamentos em Copacabana, zona Sul do Rio, e declarou lucro de 292% na venda, em fev2014 - a valorização imobiliária na região não ultrapassou 11%. Flávio também teria lavado R$ 1,6 milhão em uma loja franquia da Kopenhagen, no Rio. A loja foi alvo de busca e apreensão na operação de 4a-feira (18). Flávio nega irregularidades nos dois casos. E entrou na Justiça pedindo a paralisação da investigação.

Melhor nível de criação de emprego desde 2010 Beneficiada pelo comércio e pelos serviços, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em novembro, o oitavo mês seguido de crescimento. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho, 99.232 postos formais foram criados no último mês. Este foi o melhor nível de abertura de postos de trabalho para novembro desde 2010, quando as admissões superaram as dispensas em 138.247. A criação de empregos totaliza 948.344 de janeiro a novembro, 10,5% a mais que no mesmo período do ano passado.

Índices / Mercado

MOEDAS
            Compra  Venda
Dólar
Comercial   4,0615  4,0621
PTax        4,0627  4,0633

OURO
R$/grama       BM&F 192,81

BOLSAS
S Paulo  (Bovespa)  +0,71%
S Paulo  (IBx)      +0,74%
S Paulo  (IBx-50)   +0,71%

Poupança antiga    0,5000%
Poupança nova      0,2871%



Bolsa em inéditos 115 mil pontos Graças à criação de empregos [ver ECONOMIA], a Bolsa de S Paulo (B3) recebeu ontem grande impulso e inverteu a realização de lucros. No fechamento, o índice Bovespa registrou alta de 0,71%, a 115.313 pontos - novo recorde. Outro ponto positivo para o Ibovespa é o risco global ter sido atenuado com o acordo comercial em primeira fase entre China e EUA. No câmbio, o dólar comercial encerrou em leve alta, em novo dia de volume fraco de negociações, dada a proximidade do período de festas. A moeda americana encerrou em alta marginal de 0,08%, aos R$ 4,0621.

Italo Ferreira é campeão mundial de surfe O surfista potiguar Italo Ferreira, de 25 anos, conquistou ontem o título mundial do Surfe, ao vencer o compatriota Gabriel Medina, na etapa de Pipeline, no Havaí, a última do ano. O primeiro título de Italo impediu o tricampeonato de Gabriel. Foi a primeira vez na história que dois brasileiros disputaram a final em Pipeline valendo o título mundial. O potiguar se tornou o terceiro brasileiro a levantar o caneco na elite do surfe mundial. Antes dele, conquistaram o mundial Medina (2014 e 2018) e Adriano de Souza, o Mineirinho (2015).

EUA: maioria não quer impeachment de Trump. O processo de impeachment do presidente dos EUA, Donald Trump, vai para o Senado, depois de ser aprovado pela maioria democrata na Câmara dos Representantes. No Senado, a decisão deve parar, em razão da maioria republicana. O líder do Partido Republicano no Senado, Mitch McConnel, tranquilizou Trump sobre seu futuro na Presidência, garantindo que o partido está unido. Apesar do processo de impeachment, Trump continua sua campanha para as eleições de 2020. Pesquisa divulgada ontem pelo Ipsos, diz que a maioria dos americanos (46%) defende que Trump não deve ser afastado e apenas 42% apoiam o impeachment.

E MAIS:
Cinema // Batalha épica.
   
Após os acontecimentos de Star Wars: Os Últimos Jedi (2017), o conflito milenar entre a Ordem Jedi e os Sith continua. Poe Dameron (Oscar Isaac), Rey (Daisy Ridley), Chewbacca, BB-8, C-3PO e Finn (John Boyega) são sobreviventes da Resistência. Juntos, eles enfrentarão a Primeira Ordem, comandada por Kylo Ren (Adam Driver), em uma nova batalha épica pela liberdade da galáxia. Participação de personagens icônicos, como Luke (Mark Hamill), Leia (Carrie Fisher), Lando (Billy Dee Williams) e Palpatine (Ian McDiarmid). Nono filme da saga Star Wars, iniciada com Guerra nas Estrelas: Uma Nova Esperança (1977), e fechamento da nova trilogia retomada com Star Wars: O Despertar da Força (2015). // Star Wars: A Ascensão Skywalker (Star Wars: The Rise of Skywalker) / Direção: J. J. Abrams / EUA, 2019 / Duração: 142 minutos / Gênero: Ficção Científica / Classificação: 10 anos.

Jornaldodia para tablets & smartphones
© 2019   http://www.jornaldodia.com.br>www.jornaldodia.com.br