No 7321 Ano 30   © 2017   6a-feira 23jun2017
nanoJORNAL para Tablets & smartphones

Cinco dias para definir
denúncia contra Temer

Cópia do inquérito que investiga o presidente Michel Temer foi enviada ontem pelo relator da Lava-Jato no Supremo, ministro Edson Fachin, à Procuradoria-Geral da República (PGR). Até 3a-feira, 27jun17, a PGR deve oferecer acusação formal ou pedir arquivamento. Nesse prazo, o procurador-geral, Rodrigo Janot, pode oferecer denúncia contra Temer e também contra o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), investigado no mesmo inquérito. A apuração foi instaurada com base nas delações de executivos do grupo JBS.

O BRASIL E O MUNDO HOJE
Maioria do STF valida delação da JBS: Edson Fachin continua na relatoria.

foto Marcelo Camargo / ABr





STF mantém Fachin como relator das delações Mesmo sem terminar a sessão, o Supremo Tribunal Federal (STF) já formou maioria de ministros para manter Edson Fachin como relator das delações da JBS. Após o voto de sete ministros (todos a favor), a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, suspendeu a sessão, que será retomada na próxima 4a-feira (28jun17). Durante uma sessão tensa de debates, ficou entendido também que a competência para homologar os acordos cabe somente ao relator do caso, e não ao colegiado do STF.

BC reduz projeção de inflação para 3,8% Relatório trimestral de inflação, divulgado ontem pelo Banco Central, reduziu a expectativa de aumento dos preços neste ano de 3,9% para 3,8% - patamar bem abaixo da meta do BC, de 4,5% ao ano. Para junho, a autoridade monetária espera, até, uma queda geral de preços, isto é, uma deflação, de 0,10%. Para 2018, a projeção para o índice oficial se manteve em 4,5%. No entanto, a previsão para 2017 não deve significar um corte extra dos juros - por causa das incertezas políticas.

Índices / Mercado

MOEDAS
            Compra  Venda
Dólar
Comercial   3,3349  3,3355
PTax        3,3356  3,3362

OURO
R$/grama       BM&F 132,30

BOLSAS
S Paulo  (Bovespa)  +0,84%
S Paulo  (IBx)      +0,80%
S Paulo  (IBx-50)   +0,83%

Poupança antiga    0,6143%
Poupança nova      0,6143%



Dólar no maior patamar em um mês Ainda pelas incertezas políticas, que colocam em xeque o avanço econômico, o dólar atingiu ontem o maior patamar em um mês. O dólar comercial subiu 0,12%, a R$ 3,3355, nova máxima para encerramentos desde 18mai17. Já a Bolsa de S Paulo fechou em alta de 0,84%, a 61.272 pontos (giro de R$ 4,1 bilhões) graças a notícias corporativas - caso da mineradora Vale, com a expectativa de que os acionistas aprovem a conversão de ações na assembleia marcada para 27jun17. O desempenho do mercado depende, segundo analistas, de aprovação de reformas fiscais e da possível delação do ex-ministro Antonio Palocci.

Noruega corta Fundo da Amazônia pela metade Bem em meio à viagem oficial do presidente Michel Temer a Oslo, a Noruega anunciou ontem corte de US$ 196 milhões, metade do valor enviado ao Brasil para projetos de combate ao desmatamento na Amazônia. A Noruega é o maior doador ao Fundo da Amazônia e já destinou ao Brasil US$ 1,1 bilhão. O ministro Sarney Filho, Meio Ambiente, que acompanha Temer, esteve com seu colega norueguês, Vidal Helgesen, e disse que todas as medidas para reduzir o desmatamento na região foram tomadas.

Senado dos EUA apresenta novo projeto de Saúde O projeto de reforma da Saúde destinado a substituir o Obamacare - promessa do presidente Donald Trump -, foi apresentado ontem pelos senadores republicanos. O projeto já enfrenta críticas por cortar fortemente recursos para medicamentos, prejudicar pessoas mais pobres e vulneráveis (como idosos e crianças), e atingir diretamente programas para viciados em drogas e saúde feminina - para coibir o aborto, prática condenada pelos republicanos. As lideranças republicanas pretendem votá-lo já na próxima semana. Ao mesmo tempo, admitem que modificações podem ser necessárias.

E MAIS:
Cinema // Elas (eles).
   
As Divinas Divas são ícones da primeira geração de artistas travestis no Brasil dos anos 1960. Conheça, neste documentário, a primeira geração de artistas travestis do País: Rogéria, Valéria, Jane di Castro, Camille K., Fujica de Holliday, Eloína, Marquesa e Brigitte de Búzios. Elas (eles) formaram o grupo que testemunhou o auge da Cinelândia, no Rio. E um dos primeiros palcos a abrigar homens vestidos de mulher foi o Teatro Rival, dirigido por Américo Leal - avô da diretora, Leandra Leal. O filme traz para a cena a intimidade, o talento e as histórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época. // Divinas Divas / Direção: Leandra Leal / Brasil, 2017 / Duração: 110 minutos / Gênero: Documentário / Classificação: 14 anos.

Jornaldodia nanoJornal para tablets & smartphones
© 2016   http://www.jornaldodia.com.br>Jornaldodia / Brasil