No 7814   Ano 32   © 2019   6a-feira 19jul2019
PF suspende inquéritos em andamento
Bolsonaro: "Pretendo beneficiar meu filho, sim".
47 ações nos 200 dias de Bolsonaro
Jucá e Sérgio Machado viram réus
TRF-4 pode julgar Lula

 

PF suspende inquéritos em andamento

Ministro Dias Toffoli, presidente do STF: decisão não impede investigações.

foto Rosinei Coutinho / STF


Em circular a delegados de todo o País, ontem, a Corregedoria Geral da Polícia Federal determinou a suspensão de todos os inquéritos que se basearam em relatórios do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sem autorização judicial. Na terça-feira, o ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu temporariamente todas as investigações em curso no país que tenham como base dados sigilosos sem autorização da Justiça. Ontem, Toffoli disse que decisão sobre dados do Coaf não impede investigações.

 
 

Bolsonaro: "Pretendo beneficiar meu filho, sim".

Na cerimônia dos 200 dias de governo, ontem, o presidente Jair Bolsonaro voltou a comentar a eventual indicação de seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para embaixador do Brasil nos EUA. Descrevendo a trajetória do filho, o presidente voltou a ressaltar sua proximidade com a família do presidente americano, Donald Trump. Mais tarde, em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente dedicou quase 10 minutos do vídeo de 30 minutos para expor seus argumentos pela indicação do filho. Entre os argumentos, disse que "se puder dar um filé mignon para o meu filho, eu dou" e afirmou que pretende "beneficiar o filho, sim".

 
 

47 ações nos 200 dias de Bolsonaro

200 dias de Jair Bolsonaro no governo: balanços serão apresentados a cada 100 dias.

foto Valter Campanato / ABr


No balanço de 200 dias de gestão apresentado ontem, em cerimônia no Planalto, o governo listou 47 ações, em sete eixos, que estão em andamento ou foram realizadas ao longo do período. A lista inclui, por exemplo, o anúncio do acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia (UE), a aprovação da medida provisória que libera capital estrangeiro nas empresas aéreas e a isenção de vistos para turistas de Austrália, Estados Unidos, Canadá e Japão que desejem visitar o Brasil. De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a ideia é realizar um balanço do governo a cada 100 dias.

 
 

Jucá e Sérgio Machado viram réus

O ex-senador Romero Jucá (MDB-RR) e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado viraram réus, ontem, por corrupção e lavagem de dinheiro. Pela denúncia, pelo menos R$ 1 milhão foi pago ilegalmente a Jucá. A denúncia do Ministério Público Federal (MPF), que aponta envolvimento dos réus em esquema de corrupção na subsidiária, foi aceita pela Justiça no dia 11jun19, pelo juiz Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Segundo a denúncia, Machado e Romero Jucá solicitaram R$ 22,4 milhões à empreiteira Galvão Engenharia, referentes a 5% de contratos e aditivos firmados com a Transpetro.

 
 

TRF-4 pode julgar Lula

Dois pedidos de suspeição, apresentados pela defesa do ex-presidente Lula, foram negados ontem pela 4ª Seção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). A defesa alegava que os desembargadores Carlos Eduardo Thompson Flores e João Pedro Gebran Neto seriam suspeitos e pedia o afastamento de ambos no caso do sítio de Atibaia. Mas o TRF-4 não aceitou os argumentos e manteve os desembargadores no processo.

 
CURTAS


AÇÃO DO PT POSSIBILITA QUE TOFFOLI ABRA INVESTIGAÇÃO SOBRE DELTAN

BOLSONARO: 'NOSSO DESAFIO É ENTREGAR UM PAÍS MELHOR EM 2023 OU EM 2027'.

APROVAÇÃO DE TABATA PASSA DE 30% PARA 61% APÓS VOTO PRÓ-REFORMA

MOTORISTA AVANÇA EM MANIFESTAÇÃO E MATA TRABALHADOR RURAL

Resumo dos principais jornais e sites noticiosos do Brasil e do mundo

POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME