No 7752   Ano 32   © 2019   5a-feira 18abr2019
Alan García, ex-presidente do Peru, suicida-se.
Paris anuncia concurso para reconstrução da Notre Dame
Candidato da oposição eleito prefeito de Istambul
Greve deixa 40% dos postos sem combustível em Portugal
Acidente com ônibus na Madeira deixa 29 mortos

 

Alan García, ex-presidente do Peru, suicida-se.

Alán Garcia em imagem de 2006, quando era presidente do Peru: envolvimento com a Odebrecht.

foto José Cruz / ABr


Alan García foi encontrado morto, com um tiro na cabeça, em um quarto de sua casa, momentos depois de receber ordem de prisão por envolvimento no caso Odebrecht. Tudo indica que o ex-presidente do Peru se suicidou no momento em que os policiais tentavam entrar em sua casa para detê-lo. Alan García, 69 anos, governou o Peru no final dos anos 1980 e 2006-2011 e estava sob investigação por supostos subornos na construção de uma linha de metrô na capital peruana, em que estava envolvida a Odebrecht. Ontem também foi detido Luis Nava, que foi braço direito de García, e Miguel Atala, ex-vice-presidente do país.

 
 

Paris anuncia concurso para reconstrução da Notre Dame

Premiê francês anuncia concurso de projetos: reconstrução da Notre Dame.

foto Governo da França


O Governo francês, que quer reconstruir a Catedral de Notre Dame em cinco anos, pede a ajuda de arquitetos de todo o mundo. O primeiro-ministro Edouard Philippe disse ontem que antes do século XIX, a Notre Dame não tinha pináculo. Foi o arquiteto Eugène Violet-le-Duc quem projetou o pináculo que caiu no incêndio. O premiê disse que o concurso permitirá responder a questão: "Será preciso reconstruir o pináculo original ou pode-se dotar a catedral de um novo pináculo adaptado às técnicas e ao contexto da época atual?". Ele também citou um projeto de lei para regulamentar fundos doados para a reconstrução — cerca de € 1 bilhão até o momento. E de um possível perdão fiscal de até 75% sobre as doações.

 
 

Candidato da oposição eleito prefeito de Istambul

Ekrem Imamoglu, candidato do secularista Partido Republicano do Povo (CHP), de centro-esquerda, de oposição ao governo do presidente Recep Tayyip Erdogan, foi declarado ontem prefeito de Istambul, a maior cidade da Turquia. Após 16 dias de recontagens e recursos, o Alto Comitê Eleitoral da Turquia confirmou a vitória de Imamoglu, com cerca de 13 mil votos à frente de Binali Yildirim, ex-primeiro-ministro e candidato do Partido da Justiça e Desenvolvimento, o AKP de Erdogan. Foi o maior revés eleitoral de Erdogan em seus 15 anos no poder.

 
 

Greve deixa 40% dos postos sem combustível em Portugal

Cerca de 40% dos postos de combustíveis em Portugal estavam parados ou em vias de parar ontem à tarde, em razão da greve dos motoristas de cargas perigosas. Os motoristas pedem a criação de uma categoria especial para os que transportam cargas perigosas e melhores salários. A greve está causando impacto também nos aeroportos, entre eles o de Lisboa, que deixou de receber combustível ao meio-dia de ontem. A administração aeroportuária admitiu que a situação pode afetar as operações aéreas.

 
 

Acidente com ônibus na Madeira deixa 29 mortos

Ônibus de turismo desgovernado despencou: morte de 29 pessoas na ILha da Madeira.

imagem de TV


Pelo menos 29 pessoas (11 homens e 18 mulheres) morreram ontem, quando um ônibus de turismo caiu em uma ribanceira, na zona do Caniço de Baixo, no concelho de Santa Cruz, na Madeira. No ônibus viajavam 55 pessoas, a maioria turistas alemães. Dos 26 feridos levados para hospitais, alguns sofreram ferimentos graves. Tudo indica que uma falha mecânica fez o veículo sair da estrada em uma curva e despencar na encosta sobre uma casa, que não estava habitada no momento.

 
CURTAS


SÉRVIA RECEBE AJUDA DA HUNGRIA PARA CONTROLAR FRONTEIRA

ESPANHA: PARTIDO DE EXTREMA DIREITA VETADO EM DEBATE NA TV.

Resumo dos principais jornais e sites noticiosos do Brasil e do mundo

POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME