No 7814   Ano 32   © 2019   6a-feira 19jul2019
Irã detém petroleiro "pirata" do Panamá
EUA derrubam drone iraniano
Incêndio em estúdio de animação causa 33 mortes no Japão
Ajuda para América Central desviada para oposição venezuelana
Capitã do navio "Sea Watch 3" apela à Comissão Europeia

 

Irã detém petroleiro "pirata" do Panamá

A Guarda Revolucionária iraniana deteve um petroleiro e seus 12 tripulantes no último domingo, mas só ontem a notícia foi divulgada pela TV pública do país. O Irã alega que a embarcação Riah, de bandeira panamenha, estaria contrabandeando combustível quando foi detida ao Sul da ilha de Larak, no estreito de Ormuz. Tudo indica tratar-se do petroleiro MT Riah, dos Emirados Árabes Unidos, aliado dos EUA no Oriente Médio. A embarcação parou de transmitir sua localização sábado, perto das ilhas Larak. Os EUA exigiram que o Irã liberte o petroleiro imediatamente.

 
 

EUA derrubam drone iraniano

O presidente americano Donald Trump disse ontem à tarde, que um navio da marinha norte-americana, o USS Boxer, abateu um drone iraniano, em uma "ação defensiva". O caso teria ocorrido na região do Estreito de Ormuz, na entrada do Golfo Pérsico. O presidente afirmou que a aeronave estava "ameaçando a segurança" do navio, e foi destruída. Trump pediu ainda que as nações de todo o mundo condenem o Irã por "ameaçar a segurança da navegação no Golfo Pérsico", e que adotem medidas de segurança para suas embarcações. O governo iraniano não confirmou a informação e o chanceler, Javad Zarif, disse não ter recebido qualquer informação sobre um drone perdido.

 
 

Incêndio em estúdio de animação causa 33 mortes no Japão

Sede da produtora Kyoto Animation em chamas: mortes em incêndio criminoso.

imagem de TV


Um incêndio criminoso atingiu um estúdio de animação em Kyoto, no Japão, deixando 33 vítimas fatais e dezenas de feridos. Um indivíduo, de identidade ainda desconhecida, entrou na sede da produtora Kyoto Animation, uma das mais conhecidas do país na produção de filmes e séries de animé, espalhando um líquido inflamável, ao qual ateou fogo. No momento do ataque, mais de 70 funcionários trabalhavam no prédio. O atacante, que também ficou ferido, confessou às autoridades ser o autor do crime. Mas ainda não se sabe o motivo. O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, enviou condolências às famílias das vítimas.

 
 

Ajuda para América Central desviada para oposição venezuelana

O governo dos EUA confirmou que pretende redirecionar os fundos de ajuda, antes destinados a três países do Norte da América Central, para a oposição venezuelana liderada por Juan Guaidó. A informação foi divulgada pelo jornal britânico Financial Times. Há um mês, a Casa Branca anunciou o corte de US$ 370 milhões em ajuda a El Salvador, Guatemala e Honduras, aprovados para o ano fiscal de 2018, e US$ 180 milhões, aprovada no ano fiscal de 2017. Os EUA exigem que os três países aumentem seus esforços para impedir a emigração irregular para os EUA.

 
 

Capitã do navio "Sea Watch 3" apela à Comissão Europeia

Carola Rackete, capitã do navio Sea Watch 3: pedido de mais ação e organização à Comissão Europeia.

imagem de TV


Carola Rackete, 31 anos, capitã do navio Sea Watch 3, detida em junho por ter entrado em águas territoriais italianas contra as ordens do governo de Roma, foi interrogada ontem em audiência na Procuradoria de Agrigento. Um dos advogados da capitã esclareceu que, apesar das investigações continuarem, Carola Rackete está livre para viajar, mas não confirmou se a jovem voltará à Alemanha. Após o depoimento, ela falou à imprensa e pediu mais ação e mais organização à Comissão Europeia, para receber os migrantes resgatados no Mediterrâneo.

 
CURTAS


PRESIDENTE IVÁN DUQUE, DA COLÔMBIA, VEM AO BRASIL.

EUA SUSPENDEM VENDA DE CAÇAS F-35 À TURQUIA

Resumo dos principais jornais e sites noticiosos do Brasil e do mundo

POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME