No 7735   Ano 32   © 2019   3a-feira 26mar2019

Temer e Franco soltos

Todos os presos preventivos da Operação Descontaminação - incluído o ex-presidente Michel Temer - ganharam liberdade por decisão do desembargador Ivan Athié, relator dos habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2). Athié ficou sete anos afastado do cargo, acusado de estelionato. Além de Temer, foi solto o ex-ministro Moreira Franco e outros sete envolvidos. O Ministério Público Federal quer manter prisão preventiva ou domiciliar com tornozeleira para Temer. O Banco Central bloqueou R$ 8,2 milhões em três contas do ex-presidente. A ordem total da Justiça, porém, era para bloquear até R$ 62 milhões. O coronel Lima, amigo e suposto operador do MDB, teve R$ 23 milhões bloqueados. A Operação Descontaminação apura pagamentos ilícitos feitos pelo empreiteiro José Antunes Sobrinho, da Engevix, a um grupo criminoso que seria liderado por Temer, segundo o Ministério Público Federal (MPF).

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Lula pede anulação da condenação pelo tríplex

  Juízes contra misturar casos criminais e eleitorais

  Secretária de Educação Básica pede demissão

  Bolsonaro determina celebração do Golpe de 1964

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader