No 7859   Ano 32   © 2019   6a-feira 20set2019

Líder do governo, alvo de ação da Polícia Federal.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, questionará junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) a ação da Polícia Federal (PF) ocorrida na manhã de ontem, na Casa. A PF cumpriu mandados de busca e apreensão no gabinete do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) e no gabinete do filho dele, o deputado federal Fernando Bezerra Coelho Filho (DEM-PE). A ação foi autorizada pelo ministro do Supremo Roberto Barroso. O senador e o deputado teriam recebido R$ 5,538 milhões em vantagens indevidas repassadas por quatro empreiteiras, segundo a PF. A defesa de líder do governo diz que ação da PF é retaliação ministro Sérgio Moro, Justiça.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Barroso: "Só faço o que é certo, justo e legítimo".

  Bolsonaro promete discurso objetivo na ONU

  Coaf: Fachin se antecipa a Toffoli.

  Negada viagem de Temer a Oxford

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader