No 7300   Ano 30   © 2017   3a-feira 23mai2017

Procurador pede prisão de Aécio e de Loures

Em recurso da decisão do ministro do Supremo Edson Fachin, o procurador-geral Rodrigo Janot pediu ontem a prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Os dois estão afastados do Congresso. A Procuradoria-Geral da República (PGR) entende que Aécio e Loures foram pegos em "flagrante por crime inafiançável" na tentativa de obstruir as investigações da Lava-Jato, com base nas gravações realizadas pelos donos da JBS, em delação premiada.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Temer desiste de pedir suspensão de inquérito

  Perito diz que a gravação é "imprestável"

  Lula denunciado por sítio de Atibaia

  Desapareceu mala com R$ 500 mil

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader