No 7361   Ano 30   © 2017   6a-feira 18ago2017

OAB entra no Supremo por impeachment de Temer

Mandado de segurança pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Supremo pede que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), seja obrigado a analisar pedidos de impeachment contra o presidente Michel Temer. Há 25 pedidos - 22 deles da delação de executivos do grupo J&F. Cabe ao presidente da Câmara dar ou não prosseguimento aos pedidos. Se aceitar, o pedido é analisado em comissões e nos plenários da Câmara e do Senado. Segundo a OAB, a postura de Maia de não fazer a análise é ato "omissivo, abusivo e ilegal". Alexandre Moraes, ex-ministro de Temer, será o relator do pedido da OAB.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Temer vai punir 40 'infiéis' do PMDB

  Lula na Bahia: conflito e tiros.

  Militante do PCdoB joga ovo em Bolsonaro

  Empresário solto por Gilmar, preso por Bretas.

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader