No 7420   Ano 31   © 2017   3a-feira 21nov2017

Segovia assume a Polícia Federal e choca-se com MPF

Nem bem assumiu o cargo, ontem, o novo diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segóvia, criou polêmica. Defendeu a prerrogativa da corporação de fechar acordos de delações, o que o Ministério Público Federal diz ser inconstitucional - uma ação sobre o assunto tramita no Supremo. Segóvia fez menção à denúncia do ex-procurador-geral Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer. "Uma única mala [de dinheiro] talvez não desse toda a materialidade criminosa que a gente necessitaria para resolver se havia ou não crime", disse Segóvia. Segundo ele, Temer lhe deu carta-branca para investigar.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Renan condenado a perda do mandato

  Alckmin defende Lula e Huck na disputa

  Pezão apontado por propina da Fetranspor

  Podemos desfilia futuro ministro

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader