No 7774   Ano 32   © 2019   4a-feira 22mai2019

Liberado capital estrangeiro em aéreas

O plenário da Câmara aprovou ontem à noite a Medida Provisória (MP) 863/18, que autoriza as empresas de aviação com sede no Brasil a terem participação ilimitada de capital estrangeiro. Com isso, deixa de existir o limite de 20% nas aéreas nacionais. No entanto, o dispositivo pode perder a validade caso não seja aprovado pelo Senado hoje. O relator da proposta, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), incluiu no texto o fim da cobrança por bagagem despachada e a exigência de que as empresas estrangeiras sejam obrigadas a operar rotas regionais.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Dólar: maior queda diária desde janeiro.

  Caixa: desconto de até 90% em renegociação de dívidas.

  Avianca rejeita proposta da Azul

  Rede de Jamie Oliver em recuperação judicial

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader