No 7624   Ano 32   © 2018   4a-feira 26set2018

Na ONU, Trump defende nacionalismo e ataca a globalização.

Em seu discurso na 73ª Assembleia Geral das Nações Unidas, ontem em Nova York, o presidente dos EUA, Donald Trump disse que "os EUA são governados por americanos" e que por isso, em vez de globalização, ele abraça a "doutrina do patriotismo e nacionalismo". Diante de representantes de 193 nações, Trump disse que não vai aderir a tratados da ONU para políticas migratórias. Também fez duras críticas ao Tribunal Penal Internacional (TPI), que, nas suas palavras, "não tem legitimidade nem autoridade". E disse que os EUA só ajudarão as nações amigas. O presidente francês, Emanuel Macron se contrapôs a Trump, defendeu o multilateralismo, e disse que crise com Irã deve ser resolvida com diálogo.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Irã acusa governo Trump de 'fraqueza intelectual'

  Malta recebe o navio humanitário Aquarius

  Irã anuncia detenções do atentado em Ahvaz

  Cinco países pedirão que TPI processe a Venezuela

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader