No 7534   Ano 31   © 2018   6a-feira 18mai2018

Opositores presos se rebelam na Venezuela

Às vésperas da eleição presidencial venezuelana, marcada para domingo, presos políticos e presos comuns detidos na sede do Serviço de Inteligência (Sebin), em Caracas, se rebelaram e tomaram o controle do prédio (conhecido como Helicoide). Em áudio e vídeo nas redes sociais, eles exigem a revisão dos casos, libertação de detentos com ordem de soltura e fim dos maus-tratos. O ex-prefeito da capital, Daniel Ceballos, um dos detidos, citou as agressões sofridas por seu companheiro de cela, Gregory Sanabria, detido há três anos e ainda sem julgamento. Os presos exigem a presença da ministra das Prisões, Iris Varela, da Conferência Episcopal, atendimento médico e garantia dos direitos humanos. Representantes da Igreja estiveram no local, mas não foram autorizados a entrar.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Trump descarta 'modelo líbio' para Coreia do Norte

  Comitê do Senado confirma interferência russa

  Israel ataca alvos do Hamas em Gaza

  Pai de Meghan Markle faltará ao casamento da filha

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader