No 7876   Ano 33   © 2019   3a-feira 15out2019

Óleo no Nordeste: 200 toneladas.

Até ontem, o Ibama, do ICMBio, agentes estaduais e municipais haviam recolhido 198,5 toneladas de borra de petróleo das praias do Nordeste. Já são 43 dias desde a primeira detecção do material. A preocupação agora é saber quanto do óleo ainda chegará às praias. Voluntários acharam animais mortos em praias com óleo. A Marinha e a Polícia Federal ainda investigam a origem do problema. A hipótese de que o material pode ter sido lançado no mar por um "navio fantasma", embarcação clandestina que faria contrabando de petróleo, ganhou força nas apurações. Vinte e três embarcações estão no alvo das investigações.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Brasil chega ao tri na Copa de vôlei masculino

  Ministério modifica regra para deportação de estrangeiros

  Homicídios e outros crimes violentos caem no 1º semestre

  Autor Harold Bloom: 1930-2019.

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader