No 7624   Ano 32   © 2018   4a-feira 26set2018

Temer: sem intervenção no Rio, a Previdência podia ser votada.

Para votar a reforma da Previdência ainda este ano, o presidente Michel Temer admitiu ontem, em entrevista à EBC, suspender a intervenção federal na segurança pública do Rio - ou mesmo eliminá-la. Com a intervenção, não se pode votar emendas constitucionais. A intervenção está prevista para terminar em 31 de dezembro de 2018. De acordo com Temer, a decisão vai depender de conversações entre o primeiro e segundo turnos das eleições (dias 7 e 28 de outubro) e também da vontade de seu sucessor.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Temer em Nova York: com investidores.

  Selic pode aumentar em breve

  Proex vai deixar de equalizar juros

  Argentina paralisada

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader